Arquivos do Blog

Moça nenhuma.

Image

A moça perdeu a cor, a moça não queria, só queria mudar de tom

Mas não há nada que a tinja,só o que atinja,só o que aflija.

Não tem ciranda que roda, nem bordado no vestido

Nem moça que dança, nem moça que dança

Nem o vento balança o cabelo da moça

Mas tem uma janela,onde a moça espera ,espera, espera

E um realejo, que só faz realejar, dia e noite

Na boca da moça a sede, e no peito, a dor

E lá de fora o povo assiste a janela e a moça nela.

Deixe um comentário

junho 20, 2012 · 4:36 am